sexta-feira, março 04, 2011

Levantada de Quadris

Noticiou o site UOL: Por medo de terrorismo, Estados Unidos e Brasil removeram em sigilo, nas últimas semanas, os suprimentos e as máscaras de oxigênio do banheiro dos aviões comerciais de passageiros registrados nos dois países."

Dou-lhes razão, vejo nisso um castigo aos incautos comedores de chucrute, rabanete em conserva e doce azedo de blueberries, acompanhados do indefectivel hamburguês com cheddar, muito quetchup e mostarda alemã antes do embarque.
Verdadeiras bombas ambulantes.
Vez por outra, vemos sutis movimentos de quadril, disfarçadamente promovidos por nosso vizinho de poltrona, Enquanto o pérfido fedor espalha-se ganhando a batalha sobre o sistema de exaustão, o impassível flatulento continua mirando o Estadão ou a dondoca aliviada folheando o Contigo.
Não se iludam. Não necessariamente a capacidade volumétrica do abdome traduz efeitos devastadores diretamente proporcionais. Impossível saber pela aparência. Magrinhos também podem ser atômicos, verdadeiros repositórios de gases mostarda e sulfidricos. Ambos, com a capacidade de uma bomba arrasa-quarteirão, silenciosos, assobiantes, acompanhados ou não de um pigarrear, ou mesmo do tipo cara-de-pau, tronitroante.
O invariável, porém, é a impassividade, o olhar rodopiante e sorrateiro de "quem foi?.
Mas, alvíssaras, o primeiro passo foi dado. Retirem-se as máscaras de oxigênio nos cubículos, eufemisticamente chamados sanitários de bordo.
Espero que a IALTA, agora, lá determine o confinamento desses arrasa-quarteirão durante toda a viagem.
A não ser que temam explosão a bordo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home