terça-feira, fevereiro 08, 2011

Lobos, Pulgas e Raposas

Foi noticiado pelo Terra que a presidente - sorry, mas substantivo terminado em "ente" é comum de dois, conforme me dizia a D. Jurema - a presidente, insatisfeita com a amplitude das informações sobre o apagão, convocou reunião com o setor elétrico e o Min Lobão. Que entre o Lobão, mas que as raposas que fizeram do setor elétrico sua toca e habitat fiquem de fora.
Na realidade, agrada muito o estilo da presidente de pegar o boi pelos chifres, já que outros representantes da fauna foram citados.
Dilma não quer deixar barato, chega de lero-lero. Quais são os reais fatos e como evitar que se repitam, sem obliterar a realidade com explicações protocolares e burocráticas.
Não é crível que todo o complexo sistema integrador da energia nacional subordine-se a um transistor ou um capacitor, sei lá. Alguma coisa está cheirando mal, além do bodum de fio queimado. Arrumem explicações e soluções que a convençam.
De minha parte, aplaudo a iniciativa. Mas fico com a pulga (também da fauna) atrás da orelha.
Será coincidência que uma inexistente falha num disjuntor teria gerado um sinal também falso, comandando o desligamento da estação? E que isso teria encadeado uma seqüência de comandos de desligamentos sucessivos e catastróficos, justamente quando a presidente havia batido o martelo e desligado a influência do Dep Eduardo Cunha no setor elétrico?
Teria havido um curto-circuito entre o pantagruélico fisiologismo e a política desejada pela presidente, gerando um sinal de desligamento real? Houve alguma alteração recente nos softwares de comando do sistema? Haveria, enfim, alguma relação entre os fatos e o apagão?
Dilma, se as tivesse, estaria com as barbas de molho. Barbas estão curtindo a folga, descansando, mas essa reunião convocada sinaliza que ela está alerta e não nos surpreendamos que cabeças rolem. É bom que arrumem uma explicação inquestionável e convincente.
E que não subestimem nem a capacidade da nossa presidente nem a intuição feminina.
Principalmente esta.


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home