sábado, fevereiro 16, 2008

BRASIL PRESENTE

Transcrevo o texto abaixo, de autoria do excelente cronista André Carvalho, pela sua oportunidade e qualidade lúcida.
Vale a pena lê-lo.

"Hoje, ao sentar-me em frente ao computador, pensei escrever um artigo retroagindo aos primeiros quarenta e cinco dias do ano que agora se inicia com o término do carnaval. O título, pouco criativo, seria Passando o Brasil a Limpo - Retrospectiva 2008. Na contemporânea vida agitada, veloz e turbulenta, as retrospectivas deviam ser feitas a cada 45 ou 60 dias, por jornais, revistas televisões e consciências. Mal entabulei as primeiras conjecturas, o momento presente sobrepujou o passando a limpo e o artigo virou Brasil Presente.

Inicio com o compenetrado Senhor Ministro da Cultura afirmando, na abertura do fórum Campus Party, que é “preciso bandalargar (sic) o Brasil” O camarote expresso no carnaval baiano tirou o rumo do cara. O Brasil tá bandalargado há muito tempo. Tá largado, tá de banda e não é de agora. Chegou tarde o ministro. Mesmo assim vamos bandalargar mais. Você, eu, ele, Carlinhos Brown, Lula, todo mundo. Bandalargar na saúde, na educação, no saneamento básico, na segurança pública, na inclusão digital e na ética.

Muito elucidativa a entrevista ministerial coletiva no Palácio do Planalto para justificar o uso dos cartões corporativos por funcionários do governo. Ao lado da segunda dama, o Senhor Ministro General de Exército Jorge Armando Félix, declarou com cara de poucos amigos, que em questões de segurança quanto menor a transparência nos gastos, melhor. Sigilo é fundamental. Certo! Aí vão lá e colocam todos os “arapongas” de terno preto, óculos escuros, fone no ouvido, sapatos pretos largos, carros escuros e velozes, andando sempre em pares ou trios, usando o mesmo broche na lapela e o mesmo desodorante nos sovacos, etc. etc. etc.. Parecem uns armários de fórmica brilhante, resultado de horas e mais horas de exercícios nas esteiras ergométricas e dos fartos lanches e jantares, todos adquiridos, sigilosamente, com os cartões corporativos.

Na Universidade de Brasília o Magnífico Reitor, cujos prenome e sobrenome não consigo pronunciar, que dirá escrever, reformou o imóvel em que mora, gastando a módica quantia de R$ 470.000,00 da verba destinada à pesquisa. Creio que a UNB usou a preciosa oportunidade para fazer pesquisa nas áreas de medicina, geologia, engenharia civil, hidráulica e elétrica. Pesquisa tipo: qual o diâmetro da tubulação de água e a pressão aplicada para encher uma banheira de hidromassagem com 15m³ em sete segundos? Qual a espessura do granito aplicado em base totalmente plana, e de semelhante coeficiente de dilatação, para suportar 01 ton/m² caso ocorra uma festa para Phd’s na residência oficial? Qual o resultado para a visão dos míopes, sem lentes corretivas, se aplicado nas paredes da sala a cor bege, alternada com o vermelho, em listrinhas horizontais de 2,3cm cada? Quantos Kva’s são necessários para iluminar, em carga reativa, a vida de um Reitor?

O Brasil vem se destacando no mundo acadêmico por pesquisas e mais pesquisas, principalmente nas áreas do genoma e da nanotecnologia. Estudar o genoma desse Reitor ou seu “nanocérebro” deve ser interessantíssimo.

Para finalizar, em depoimento a Justiça Federal, o Sr. Roberto Jefferson, réu depoente, chorou e anarquizou, dando o mote e o tom para a ópera-bufa em que poderão se transformar o conteúdo, transcurso e desfecho do processo dos mensaleiros.

O Brasil está sadio e pungente, caso contrário não teríamos esse festival de comicidades. Somente um país saudável é capaz de produzir tantas piadas. Somos a melhor zorra total da América Latina. Superamos as fanfarronices “bolivarianas” de Hugo Chávez.

Saravá!!!"

1 Comments:

Blogger Antonio Mendes said...

Frega Jr, Olá.
Muito bom o texto do André Carvalho, aliás já tive a oportunidadde de publicar outros dele em meu blog e sempre com a mesma clareza de pensamento e fluidez na colocação das palavras. São sempre textos "saborosos" de se ler.
Em tempo: Gostei muito do FregaBlog e se permitir gostaria de ocasionalmente publicar algo no meu www.pilordia.blogspot.com, com o devido crédito, é claro.
Gde abçs, Antonio Mendes.

5:10 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home