quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Beijo da Mulher Aranha


Está circulando pela internet.

Acho até tratar-se de montagem ou de somente ângulo de visada.

Mas vou, só por um momento, fazer de conta que seja verdade.

E, em sendo, temos evidente um equilíbrio no mau-gosto. Imaginem o que esconde o bigode de Sarney. Afinal, não pode ser à toa o portar um escovão de piaçava sob o nariz durante décadas. Algum mal oculto, lepra não, mas sarna pode ser sugestivo. Quem sabe só uma cicatriz de navalhada? Ou será um lábio leporino? Seja o que for, mesmo que nada seja, nem uma pulga ou carrapato, duvido que escovações múltiplas retirem o odor dúbio do camarão seco do mercado de São Luis, entranhado por décadas de consumo no solar de Curupu.
E o cheiro de amoníaco, da tintura? Bem, esse pode ser disfarçado com toda a tecnologia cabeleirística disponível a quem se disponha gastar e possua fortuna pessoal. Esse sim se disfarça mais do que a negritude bigoduda do ilustríssimo, tão natural e verdadeira como uma nota de três reais.
Por outro lado, a senadora não é nenhuma Mônica Veloso. Trubufu de retrós, feiúra apocalíptica. Claro, em minha modesta e infundada opinião. Apesar da embalagem, quem sabe esconda beleza interior, singular e indescritível. Tão indescritível e oculta que, por mais que me esforce, não consigo imaginá-la, nem descrevê-la. Devo isso, claro, à minha ignorância em aprofundar-me nas emoções humanas.
Mas, quem sabe, exista.
Ou não. Afinal, prá quem já encarou marimbondos de fogo, qualquer aranha é bobagem.
Porém, ganha a base aliada com esses conchavos. Acertos de palanques, corredores ou de alcova? Não, de língua. Ferina de uma, matreira do outro. Cúmplices, trocando cuspes e sabores de camarão. Um seco, de São Luís; outro frito, da Lagoa da Conceição. Complementares.
No dizer de Freyre: sem tesão não há solução. Complemento eu: nem composição.
E assim caminha a humanidade. E o Senado também.
Mas não adianta. Não consigo acreditar que seja verdade.
A realidade é cruel, mas não grotesca.









3 Comments:

Anonymous Anônimo said...

... e esta fecunda união, com certeza vai gerar mais um alien...
quem conseguir sobreviver, verá...

8:35 PM  
Blogger Frega Jr said...

E nós, comme d'habitude, pagaremos o pato, digo, o parto.

8:40 PM  
Blogger Antonio Mendes said...

Lá vem o parto...
Parto aqui, parto acolá...
querem ver o quer que há ou onde frutificará...
se em Floripa ou Macapá...
quá quá quá quá

Antonio Mendes

5:23 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home