domingo, janeiro 28, 2007

Secessão

A Amazônia concentra recursos naturais de toda ordem. Recursos que fazem falta ao mundo e que mais falta farão ainda no futuro. Por isso, é cobiçada, disputada, contestada etc.
Em conseqüência, é a parte de nosso território mais ameaçada por uma ocupação estrangeira.
Certo?
Errado!
Por incrível que pareça, nossa parcela territorial mais ameaçada por uma invasão e ocupação por potências estrangeiras é o Nordeste. Estranha essa tese, não?
Pois é. O mundo está passando, solertemente, uma ameaça de guerra globalizada quase tão grande quanto a enfrentada na crise dos mísseis russos em Cuba, há quarenta e poucos anos. E, nessa situação, a posição estratégica do nordeste brasileiro, com sua projeção sobre o Atlântico sul e sua independência dos transportes aéreos para suprimentos nos deixa extremamente vulneráveis.
Em tempos recentes, os americanos instalaram uma base aeronaval em Natal. Getúlio transigiu no limite, porque ocupariam de qualquer maneira. Dizem que trocou por Volta Redonda, projeto siderúrgico que os americanos, até então, vetavam sistematicamente. E engajou o Brasil na II Guerra, como justificação política.
Ao final da guerra, devolveram Natal e deixaram algumas lembranças aqui, como o forró e umas centenas de meninos loiros de olhos azuis.
Não a teriam devolvido se o Brasil não tivesse se alinhado, ou se não quisessem.
Nos preparativos da revolução de 64, os americanos consideraram seriamente a ocupação do nordeste, seja para combater diretamente em uma possível guerra civil, seja para aproveitar-se do momento frágil, consolidando a posição enquanto lutávamos internamente, seja por um contraponto a Cuba. O pior é que, nessa trama, houve a participação de brasileiros.
O nordeste foi a única área brasileira que já experimentou invasões com ocupações permanentes por potências estrangeiras. Franceses e holandeses somente foram expulsos pela garra com que os portugueses e os já nativos da Colônia defendiam seus territórios.
Não tenhamos dúvidas que, quando entenderem necessário à sua estratégia de defesa, os países desenvolvidos, em especial os Estados Unidos, ocuparão esse território. Seja por acordo, seja na marra. Desconsiderando qualquer integridade territorial brasileira.
A Amazônia, basta controlarem economicamente, até porque a floresta e o tamanho inviabilizam sua ocupação física. Nem nós ainda conseguimos fazer isso realmente.
Diferente do litoral nordestino.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

As ameaças são tantas, que me lembra o dito de Honório Lemos:
- "Se a bala vem por baixo nós pulemos, se a bala vem por cima nós se abaixemos mas se a bala vem pelo meio, nós se
f.......

9:56 AM  
Blogger Frega Jr said...

É fato!

4:32 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home