sábado, janeiro 20, 2007

Esquerda/Direita

Não poucas vezes vemo-nos em discussões teóricas sobre regimes, esquerda-direita, diferenças e antagonismos. Daí, resolvi esboçar uma tabela enfocando algumas diferenças entre eles. Claro que, pela simplificação extrema, essa tabela é somente para dar início a uma discussão mais elaborada, se é que serve para alguma coisa.
Tenho para mim que os regimes ditatoriais que estiveram presentes na América do Sul na segunda metade do século XX, embora alinhados com uma parte no contexto da Guerra Fria, eram, conceitualmente, muito mais parecidos com o bloco comunista do que com o bloco capitalista. No entanto, muitas inteligências foram desperdiçadas por sectarismo irracional. Por uma discussão de fé.
Fatores Considerados (na ordem):
Garantias Individuais / Liberdade Política / Meios de Produção / Infra-Estrutura / Planejamento Central / Fomento Estatal / Sv Sociais
Regime/Fatores (na ordem):
Ditadura Comunista-Não/Não/Estatais/Estatal/Sim/Sim/Amplos (URRS)
Ditadura Nazi-Facista - Não/Não/Privados/Estatal/Sim/Sim/Limitados (Alemanha Nazista)
Ditadura Facista-Popular - Limitada/Limitada/Mistos/Estatal/Sim/Limitados (Brasil 64)
Democracia Liberal - Sim/Sim/Privados/Privada/Não/Não/Ausentes (USA)
Social-Democracia - Sim/Sim/Privados/Privada/Parcial/Parcial/Limitados (França)
Democracia Socialista - Sim/Sim/Mista/Mista/Sim/Sim/Amplos (Suécia)
Democracia Populista - Sim/Sim/Privados/Mista/Parcial/Não/Limitados (Brasil pós 88)
Comparemos os 7 fatores relacionados:
Entre o nazismo e o comunismo, inimigos figadais, há 5 coincidências, uma aproximação e um antagonismo;
Entre as ditaduras americanas e as comunistas, há 4 aproximações e 3 coincidências, enquanto a mesma comparação com os Estados Unidos, com quem se alinhavam, verificam-se 4 antagonismos, 3 aproximações e nenhuma coincidência.
Dessa forma, qual o conteúdo ideológico que mais se aproximava? Por incrível que pareça, o alinhamento ocorreu com o de menor coincidência. E se brigou por isso. E tem gente que briga até hoje.
O Brasil de FHC representou uma efetiva guinada rumo à democracia liberal. O governo Lula já é mais tendente à social-democracia. Nesse meio de caminho, vivemos o modelo da democracia populista.
Os governos de Chavez e Morales guinam para a ditadura facista-populista.
Outras conclusões superficiais podemos inferir:
Quem chama o Lula de comunista, efetivamente, não sabe do que está falando;
O socialismo de Chavez é lorota;
O PSDB é social-democrata só no nome. Daí a afinidade com o PFL.
Não há ditadura social-democrata, por sua própria natureza.
Todas ditaduras, de que cor forem, tendem a expandir seu autoritarismo além-fronteiras. A guinada sul-americana sinaliza que teremos problemas com alguns vizinhos;
Os rótulos de esquerda-direita, na política moderna, são conversa mole.
Bem, a polêmica está lançada. Não ficarei ofendido se disserem que isso tudo é uma grande asneira, elaborada por alguém que não detém conhecimento de causa. Confesso, não tenho mesmo, mas espero que, se debatido o assunto, possamos todos nós nos instruirmos melhor.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home