sábado, outubro 20, 2012

Cinismo da ANAC

A ANAC, uma das malditas agências (des)reguladoras gestadas no útero do neoliberalismo falido, decidiu multar a empresa Centurion, operadora do MD-11 que acidentou-se no pouso em Viracopos. Pretexto: "transtornos causados aos passageiros e à malha aérea do país".

Interessante como se mascara a realidade para justificar a incompetência e inoperância.

Viracopos é um dos aeroportos com categoria internacional. A classificação é feita pela própria ANArC. É um entreposto importante do transporte de carga aéreo e uma das principais portas do tráfego de cargas internacional.

Pois bem, o tal MD-11 teve pneus estourados no pouso. Isso é um incidente razoavelmente comum e, nesse caso, não trouxe outras conseqüências além do transtorno nas operações do aeroporto. E isso porque, apesar da importância, Viracopos possui somente UMA PISTA.

A INFRAERO, outro poço de incompetência, operadora do aeroporto e que cobra taxas absurdas para que as aeronaves operem (tentei apurar o valor atualmente praticado, mas o site está fora do ar), não dispunha de equipamentos para promover a remoção do avião. Deveria possuir, pois não é novidade esse tipo de ocorrência. Ou seja, somos multados se não possuímos macaco em nossos veículos, mas a Infraero não dispõe do equipamento num aeroporto tão importante. E fica por isso mesmo.

Pior. Levou 45 horas - quase 2 dias completos - para providenciar os equipamentos, que nada são além de macacos poderosos a ar comprimido. Nesse meio tempo, o aeroporto fica fechado, empresas como a Azul, têm suas operações impedidas, milhares de passageiros e de toneladas de cargas ficam impedidas de prosseguir em seus destinos.

E a ANAC multa a Centurion Cargo, não a Infraero, verdadeira responsável pela inoperância do aeroporto.

Desvio de foco. Jogo de cena. Explicitude do cinismo que baliza a conduta dessas agências porqueiras.

E tire-se, mais uma vez, o sofá da sala.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home