sexta-feira, julho 09, 2010

Terrorismo Azul

Ontem, como de praxe no final das copas do mundo, foi divulgado o próximo evento, que será no Brasil. Com a presença de Lula, o show foi composto de apresentações artísticas e da veiculação do filmete, no qual a composição da logomarca foi apresentada com animação explicativa.
E é exatamente essa logomarca que está gerando polêmica cibernértica. Por causa do 2014 em vermelho.
A turma dos videntes de conspirações, sempre tão ávidos em ver chifres em cabeça de cavalos e de formular ilações, acusa que é vermelho por ser a cor do PT.
Claro que para defender suas teses, ignoram, deliberadamente ou não, a psicodinâmica das cores. Queriam-na azul, compondo com o verde e amarelo, as cores pátrias.
Há cores frias e cores quentes. Destaques normalmente utilizam essas últimas, assim como as que apelam para os sentimentos sensoriais.
Nesse aspecto, é perfeitamente justificável o destaque do ano 2014 em vermelho. Chama a atenção para a composição como um todo.
Queriam-na azul, uma cor fria. Seguramente, não atenderia o pretendido destaque, embora a remissão mais explícita à bandeira.
Mas o motivo é outro. Azul, a cor tucana.
Identificação com as cores da bandeira, certamente não seria. Afinal, nenhuma corrente política transigiu tanto com o País, talvez nem o governo Dutra há quase 60 anos. Gostassem tanto da nacionalidade, fossem um tantinho mais patriotas, não teriam sucateado e vendido para as potências estrangeiras parte significativa de nossa autonomia como projeto nacional.
Esses tucanos....

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home