sexta-feira, janeiro 08, 2010

Inflação Bolivariana

Chavez I, o Bufão, tá conseguindo. O bolivar bolivariano (não é pleonasmo) conseguiu se desvalorizar frente ao decadente dólar americano, convalescente de uma crise que o atingiu às entranhas.
Como se vê, a inflação não é um fenômeno capitalista, nem comunista, nem qualquer coisa. É uma conseqüência da irresponsabilidade governamental, da prepotência fiscal, da incompetência de lideranças.
A moeda bolivariana foi desvalorizada por decreto, como é de praxe em ditaduras econômico-políticas. Desceu um degrau oficial de até 50% em relação à moeda americana. Menor ainda do que o valor reconhecido no mercado de títulos, que sinaliza uma desvaloriação de 70%.
A inflação, com causas razoavelmente conhecidas, gera efeitos absolutamente conhecidos. Ou o aumento dos preços com a perda da qualidade da moeda, ou a queda na oferta dos produtos. Chavez conseguiu ambas em sua tentativa de liderar nanicos. A inflação bate nos 25% a.a. e a única coisa que cresce na Venezuela são as filas de consumidores atrás de bens, escassos nas prateleiras.
O mal que esse ditadorzinho de meia-tigela causa à Venezuela levará décadas de esforço daquele povo para superá-lo. Isso, se conseguir.
Como se vê, não há riqueza natural - nem a petrolífera - que supere a pobreza de espírito.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home