sexta-feira, junho 19, 2009

Cidadão Comum

Muito se discute acerca do perfil médio do brasileiro. Aliás, nem se pode falar disso sem considerar as características regionais e a cultura predominante na formação de cada região. Menos difícil, porém, é estabelecer o perfil comum do cidadão brasileiro.
O cidadão comum tem um forte sentido patriótico, de brasilidade, sendo dos poucos temas capazes de indigná-lo e de levá-lo a agir sem medir conseqüências.
O cidadão comum é majoritariamente solidário e comove-se com facilidade, fato muito bem explorado pelos noticiários com o fito de garantir a audiência.
O cidadão brasileiro é burocrático, mitômano, porém iconoclasta, o que ratifica seu caráter contraditório e emocional.
O brasileiro é ordeiro, guardando sua insubordinação ou revolta entre quatro paredes, para as conversas de botequim ou desabafos cibernéticos. Isso é bem refletido com a conjugação da profunda descrença nos homens públicos, mas com forte sentimento de preservação das instituições.
Embora muito se diga ao contrário, o brasileiro é honesto, não é do tipo leva-vantagem a qualquer custo.O cidadão comum é tudo isso.
E, por isso mesmo, Lula falou grande verdade ao declarar que Sarney não poderia ser avaliado como cidadão comum, por sua história. O Barão de Curupu, exatamente por sua história, não é um cidadão comum, um brasileiro típico.
Infelizmente.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home