quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Anistia

A ONG Anistia Internacional manifestou-se: libertem Battisti! O que faz todo sentido com a alienação ou má-intenção que rondam essas entidades de "direitos humanos".
Dane-se se os assassinados por Battisti - parece que no total de 4 cidadãos - tiveram abreviada sua existência neste mundo.
Da mesma forma, danem-se os continuamente assassinados na guerra urbana nacional. Nossos heróis e filhos são condenados à morte todos os dias. Permita Deus que suas sentenças não sejam executadas. Quanto aos assassinos, sempre haverá uma "anistia internacional" ou congênere a defendê-los.
Recentemente um rapaz foi assassinado no Paraná ao tentar defender sua namorada de um estupro. A namorada, além de estuprada, restou também gravemente ferida.
O rapaz, um herói. O assassino, certamente um protegido, a quem estará assegurada progressão de pena quando condenado. Cumprirá preso 1/6 da pena, ou menos.
E sempre haverá alguém a defender sua vida, diferentemente do herói morto.
Para isso servem essas "anistias". Dêem-se-lhes o nome que se quiser.
Habeas corpus, por exemplo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home