FregaBlog

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Anistia

A ONG Anistia Internacional manifestou-se: libertem Battisti! O que faz todo sentido com a alienação ou má-intenção que rondam essas entidades de "direitos humanos".
Dane-se se os assassinados por Battisti - parece que no total de 4 cidadãos - tiveram abreviada sua existência neste mundo.
Da mesma forma, danem-se os continuamente assassinados na guerra urbana nacional. Nossos heróis e filhos são condenados à morte todos os dias. Permita Deus que suas sentenças não sejam executadas. Quanto aos assassinos, sempre haverá uma "anistia internacional" ou congênere a defendê-los.
Recentemente um rapaz foi assassinado no Paraná ao tentar defender sua namorada de um estupro. A namorada, além de estuprada, restou também gravemente ferida.
O rapaz, um herói. O assassino, certamente um protegido, a quem estará assegurada progressão de pena quando condenado. Cumprirá preso 1/6 da pena, ou menos.
E sempre haverá alguém a defender sua vida, diferentemente do herói morto.
Para isso servem essas "anistias". Dêem-se-lhes o nome que se quiser.
Habeas corpus, por exemplo.

terça-feira, fevereiro 03, 2009

O Grande Carrossel

Negros bigodes, que nunca foram, voltaram. Novamente comandam o Congresso, comando esse que nunca abandonaram.
Michel voltou, pela terceira vez. Nosso Legislativo, um grande carrossel.
Carrossel de cavalinhos e piratas. Ninfas e fadinhas. Peterspans, elefantes e toda a fauna que atraia a atenção das crianças, representadas por nós, população alienada, nesse grande parque de diversões da política nacional.
Pela terceira vez os empossados presidentes prometem empenhar-se para uma reforma política, tributária, redução de medidas provisórias e fortalecimento da imagem das Casas.
Pele terceira vez, não o farão.
Uma reforma política que consolidasse o pacto federativo, o sistema de governo e o fortalecimento das instituições democráticas seria o arauto a anunciar o falecimento dos mecanismos que sustentam e dão bilheteria ao carrossel. E esses senhores são tudo, menos suicidas.
Farão nada, exceto aumentar seu cacife na partição dos despojos orçamentários - no Brasil chamada governo de coalizão - e no preço da próxima eleição - a do ano que vem.
Michel Temer, meio que herdeiro político de Ulysses, o guimarães. Sarney, herdeiro político de si mesmo, self-made-man de Curupu.
Ambos nunca foram. Os dois estão de volta.

domingo, fevereiro 01, 2009

Burrice Arrogante

Impressiona ver como conflitos são potencializados do nada e a capacidade humana em torná-los, mais graves do que são, em dar-lhes dimensão maior do que sua real substância.
Assim está caminhando o affair Battisti. O terrorista recebeu o asilo inconseqüente de Tarso Genro. Lula apoiou seu ministro, não com inconseqüência menor, porém com mais ignorância sobre o assunto.
A Itália reagiu. Não seria difícil imaginar que esse assunto seria contornado com uma decisão do STF, o que salvaria as aparências. A babaquice do ministro seria corrigida sem arranhões  na decisão soberana do Brasil.
Porém, a reação da Itália mostra-se tão imbecil quanto a ação brasileira. Não será com prepotência que reverterão a decisão. Pelo contrário, acirrará os brios nacionais e Battisti acabará ficando no Brasil, mesmo que por birra.
A tentativa italiana de buscar uma ação solidária européia contra o Brasil sob a alegação de que um Estado-membro da CE teria sido alvo de desconfiança brasileira é, no mínimo, desconhecer nossa realidade e importância no cenário internacional. O que querem? Um revival da questão Christie? Estão subestimando o Brasil com uma atitude arrogante, desnecessária e ineficaz.
Como se vê, a burrice não é privilégio do Ministério da Justiça.

ET: continuo e continuarei utilizando tremas, o qual considero  sinal fonético fundamental. Conforme José Simão ao constatar as singularidades brasileiras, sendo nosso Presidente avesso à leitura porém chegado numa branquinha, fez tudo ao contrário: uma Lei Seca e uma reforma ortográfica. Sugiro desconsiderarmos uma e outra.