domingo, março 16, 2008

Reciprocidade

O celular tocou. Vi o número, não era conhecido, mas sinalizava uma ligação de São Paulo. Sabe como é, com um PIB daquele tamanho, como ousaria em não atender. Mesmo estando na estrada.

-Boa tarde. Com quem eu falo?

Essa pergunta já me irrita. Em princípio, quem liga para o celular de alguém já sabe. Celular é pessoal. Poderia, claro, perguntar se era eu mesmo que estava na linha, mas não prospectar quem era.

- Com quem quer falar, respondi eu.

- Sr Estevam.

- Eu mesmo.

- Aqui é Ronaldo, consultor de negócios da Vivo. Tudo bem com o senhor?, perguntou cumprindo o script.

Estranhei a preocupação da Vivo com minha saúde, até porque ela vem testando, sistematicamente e aos limites, minha saúde mental. Resolvi entrar no clima.

- Tudo bem, Sr Ronaldo. Para sua segurança, esta ligação estará sendo gravada. Por favor, preciso confirmar alguns dados. Seu nome completo e CPF.

Ronaldo fez um instante de silêncio, esboçou um "mas..." e, sem entender o que estava se passando, falou "Ronaldo Silveira, CPF ..........".

- Obrigado, Ronaldo, estou consultando o sistema para confirmar seus dados. Peço aguardar na linha, por favor.

Apertei a tecla de mudo no aparelho e, 10 segundos depois, voltei à ligação.

- Sr Ronaldo, peço que aguarde mais um instante enquanto o sistema processa a consulta, e voltei a apertar a tecla.

Outros 10 segundos (estava sendo ágil porque estava pagando roaming), entrei novamente na ligação.

- Sr Ronaldo...

- Sr Estevam, sou um consult...

Interrompi, deseducadamente

- Sr Ronaldo, o sistema não reconheceu o CPF. O Sr pode repetí-lo, por favor?

- A Vivo quer lhe oferecer uma redução nas ...

Interrompi novamente.

- Sr Ronaldo, repita o dado, por favor, que não conferiu.

Já com uma voz que demonstrava a passagem da surpresa para a irritação, Ronaldo repetiu o CPF.

- Aguarde mais um momento, por favor, para processamento no sistema.

Outros 10 segundos, voltei à ligação.

- Sr Ronaldo, os dados foram confirmados. Em que posso ajudá-lo?

Já completamente irritado, Ronaldo discorreu sobre um plano de serviço que poderia reduzir o valor de minhas ligações que quase nunca faço e de outros serviços que quase nunca uso. Em cada pausa para respirar, contava com meu solidário "hum hum".
Concluída a oferta, agradeci mas pedi que permanecesse na linha porque iria transferir a ligação para o setor competente. Mais outros 10 segundos, voltei à ligação. Havia caído.
Nem sei a razão, mas o Ronaldo desligou.

2 Comments:

Anonymous Multifuncional said...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Impressora e Multifuncional, I hope you enjoy. The address is http://impressora-multifuncional.blogspot.com. A hug.

4:30 AM  
Blogger Frega Jr said...

Hi Muntifuncional. I’m very glad you enjoyed my blog. Feel free to make comments here whenever you like. Your opinion will be heard and, if possíble, taken foward.
I enjoyed your blog too and, be sure, I'll use for updating knowledge about printers.

9:19 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home