sábado, novembro 17, 2007

Politicamente Correto

Está na hora de colocarmos em execução os ensinamentos da palavra politicamente correta. Não é por nada, mas os "ólogos" de plantão acham que as pessoas, minorias ou não, podem traumatizar-se até a depressão profunda e suicídio caso alguém pronuncie o termo direto em português referindo-se a sua pessoa.
Assim, presidiário passa a ser reeducando. Prisão numa das Febems, aplicação de medidas sócio-educativas. Negro, afro-descendente. Galego, também conhecido como loiro azedo, deve ser ariano-descendente. Surdo, cego ou mudo é deficiente auditivo, visual ou (?). Vesgo é de olhar convergente ou divergente, conforme o caso. Caolho, maneta e perneta, nem pensar.
Empregado agora é colaborador. Velho é avançado em idade. Jovem adulto é pós-adolescente. Prostituta é profissional do sexo. Viado, gay. Careca é calvo. Gordo, glicerídico e magro, esguio.
Político, bem, continua político pois ainda não inventaram uma expressão que abranja tantas características diferentes e divergentes numa mesma pessoa.
E por aí vai.
Por tudo isso, não esqueça. Se for à loja comprar o último CD, peça pelo do Afro-Descententezinho da Beija-Flor. Se falar Neguinho da Beija-Flor pode ir em cana.

2 Comments:

Anonymous Adriana Fregapani said...

rsss

12:45 PM  
Blogger GutoFregapani said...

e além do mais, com a nova lei "maria da penha", acabamos nós homens, adultos, brancos e héteros, ficando sem o devido apoio da lei, pois o negro é defendido por lei específica, assim como o idoso, o gay, a criança e finalmente a mulher!

8:56 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home