segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Paz Virtual II

Recebi por e-mail o texto abaixo, assinado por alguém que se intitula J.R.R.Abrahão - advogado, jornalista, escritor, e resolvi incluí-lo para que os 2 ou 3 leitores deste blog tomem conhecimento.
Embora não concorde com o autor no que se refere à ideologização do desarmamento - basta ver que a votação no Congresso aprovando o malfadado estatuto não se restringiu a uma ou outra bancada; apesar de não concordar também em misturar os dois temas - impunidade e desarmamento, o texto é interessante.
Não esqueçamos, também, a atuação de advogados criminalistas na busca de artifícios que sustentem pedidos de habeas-corpus para bandidos e que terão seus honorários pagos com o fruto do próximo latrocínio. E sabem disso, mas ainda assim patrocinam esses bandidos.
Aí vai o texto.

Apenas um punhado... coisa insignificante... será??? "Eles"acham!!!................


Isso mesmo, nos últimos dez anos, foi apenas um punhado insignificante de brasileiros que foram assassinados por bandidos... só pode ser, pela maneira fleugmática como os donos do poder agem...
Apenas uns... SETECENTOS E OITENTA MIL!!!
MAIS DE TRÊS-QUARTOS DE MILHÃO DE PESSOAS MORTAS POR MARGINAIS!!!!!!
Mas nunca se viu representantes do Governo, dos Partidos Políticos, do clero, das ONGs VIVA RIO e SOU DA PAZ, dos defensores dos direitos humanos (ou será "dos direitos dos manos "???) prestando assistência ou consolando as famílias dessas poucas e insignificantes pessoas... devem ser vidas sem a menor importância... afinal, quase que " o mundo caiu" quando mandaram para o inferno os 111 "anjos" do Carandiru - essas, sim, vidas preciosas!!!
E agora?
É o bastante?
Ou será preciso mais?
Mais?
Mais o quê???
MAIS CADÁVERES!!!
MAIS VÍTIMAS!!!
MAIS INOCENTES CEIFADOS PELOS MARGINAIS!!!
MAIS GENTE SAFADA PROTEFENDO BANDIDOS!!!!!!
Não chega?
Será que os políticos, os cínicos, os safados , os INIMIGOS do POVO, os membros de ONGs pró-bandidos como VIVA RIO e SOU DA PAZ, Parlamentares que só legislam em causa própria, Governantes demagogos , CONTINUARÃO TENTANDO IMPLANTAR O DESARMAMENTO SOBRE A POPULAÇÃO ORDEIRA?
O supra-sumo da legislação liberticida é o ESTATUTO DO DESARMAMENTO - e, para ser ainda mais claro, o DESARMAMENTO no BRASIL não é uma questão de segurança pública, mas sim IDEOLÓGICA.
A ESQUERDA CANALHA que hoje pulula nos píncaros da sociedade e do poder visa fazer a sociedade REVER SEUS CONCEITOS DE PROPRIEDADE PRIVADA.
Retiram da população ordeira os MEIOS de proteger suas PROPRIEDADES móveis e imóveis e imediatamente o Direito à propriedade passa a ser só algo impresso em papel...
E, desculpem a grosseiria, mas PAPEL ACEITA TUDO, DE MACARRONADA ATÉ CAGADA...
O PLEBISCITO mostrou que a maioria esmagadora da população disse NÃO ao DESARMAMENTO - mas os canalhas no poder (e seus aliados) querem nos empurrar goela abaixo a obrigatoriedade do RECADASTRAMENTO das ARMAS JÁ REGISTRADAS!!!
Para tanto, criaram exigências absurdas, entre elas "ter de provar a real necessidade de possuir arma" e pagar uma taxa confiscatória de R$ 300,00 para CADA ARMA !
Se "pegar", no fim do ano poderão criar uma TAXA CONFISCATÓRIA e a OBRIGATORIEDADE de RECADASTRAR TODOS OS IMÓVEIS - e, talvez, a "obrigatoriedade de provar a real necessidade de residir num imóvel daquele tamanho..." - talvez inventem algo similarmente CONFISCATÓRIO relacionado aos VEÍCULOS de propriedade dos cidadãos; imagine ter de "provar a real necessidade de ter dois carros e um jet-sky..." , enquanto há tantos " companheiros" sem casa nem transporte...
Deu para vislumbrar CUBA aqui?
Com o apoio de CHAVES (Venezuele) e MORALES (Bolívia)?
Duvida?
E Vc também duvidou que um dia pudesse haver um desarmamento, não foi?
Esse "bem comum" que apregoam, "abrir mão de um Direito individual em prol dos Direitos coletivos" chama-se COMUNISMO!!!
ACORDE !!!!!!
Ou Vc quer que a escória poderosa continue jogando areia em nossos olhos, apelando para a pieguice ao se manifestar contra mudanças necessárias em nossas Leis?
E NÓS, o que faremos???
Continuaremos nos reunindo feito palhaços enlutados "orando pela paz"???
PAZ???
"SI VIS PACEM, PARABELUM - Se queres a paz prepara-te para guerra"
Não, não queremos paz... QUEREMOS GUERRA!!!
Queremos a MAIORIDADE PENAL aos 14 anos para punir bandidos que se escudam contra as punições sob o manto da inimputabilidade!
Queremos a PENA DE MORTE para TODOS os CRIMES HEDIONDOS!
Queremos PENA de TRABALHOS FORÇADOS para acabar com o ÓCIO, "pai de todos os vícios ", nas cadeias!
Queremos poder TER e PORTAR ARMAS para nossa proteção e defesa, sem exigências absurdas e desmedidas - e ARMAS de COMBATE, iguais as de nossos INIMIGOS!
E pra JÁ!!!!!!
CADEIA já não resolve...
POLÍCIA já não intimida a BANDIDAGEM...
CHEGOU A HORA DE DAR UM BASTA GERAL!
Vamos TODOS JUNTOS em uníssono GRITAR , BERRAR: BANDIDO é INIMIGO!!!
E INIMIGO só é bom MORTO!!!
VAMOS À GUERRA CONTRA NOSSOS INIMIGOS, os INIMIGOS do POVO que estão DESTRUINDO a SOCIEDADE !
EU ESTOU DISPOSTO A LUTAR, MATAR e MORRER se preciso for!
VAMOS À LUTA!!!

J.R.R.Abrahão - advogado, jornalista, escritor

(São Paulo - SP)
(Se concordar, repasse... se não gostar, delete...)

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Excelente o artigo do Sr. Abrahão.
Vejo relação muito estreita entre ideologia e desarmamento sim!
Isto para mim é só a ponta do iceberg que está para emergir.
Quanto a alegação de que o estatuto do desarmanento não se restringiu a uma ou outra bancada do Congresso, eu pergunto:
- qual a bancada do congresso possui ideologia?
o que tenho visto são parlamentares que se conduzem não por ideologia, mas por ambição e ganância,muito comprometidos com seus próprios umbigos ou quanto muito com os umbigos dos companheiros.
Então não é preciso ideologia para aprovar ou desaprovar nada!Tudo é negociável, vendável, penhorável, financiável...
Só ideiais não os são.E parece que jazem a sete palmos.

8:31 AM  
Blogger Frega Jr said...

Concordo que o texto do Dr Abrahão traz uma visão interessante sobre o espinho da violência que atravessa a garganta de todos nós.
Também concordo que as bancadas parlamentares são frágeis em suporte e coerência ideológica. Por essa mesma razão é que não vejo ideologia no estatuto do desarmamento. Vejo, sim, jogo pra platéia, como gostam de fazer.
Há regimes - todos os comunistas e grande parte de ditaduras não comunistas - que impedem ou dificultam a posse de armas. Lembremo-nos que durante os governos pós 64 no Brasil, foi votada a lei obrigando o registro de armas de fogo.
O estatuto do desarmamento, assim como o estatuto da criança e adolescente e quase todos os outros aprovados recentemente são demagógicos, pouco práticos, ineficazes, inaplicáveis e parciais, porque nivelam, parametrizando a Av Vieira Souto e Av Paulista, todos os recantos do País.

8:58 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home